Select Page

Casa de Banquetes

Casa de Banquetes

Nascido em 1573, Inigo Jones é considerado o mais importante arquiteto do classicismo inglês. Pouco se sabe sobre seus primeiros anos, mas é considerado certo que ele passou muitos anos na Itália.

Lá ele estudou em detalhes as obras da antiguidade e da arquitetura renascentista italiana, especialmente a obra do “primeiro grande arquiteto profissional” Andrea di Pietro della Gondola, que entrou para a história da arquitetura sob o nome de Palladio.

Em 1615, sob o comando de James I, Jones foi nomeado “Surveyor of the King´s Works”, ou seja, diretor geral de todos os aspectos da arquitetura da Corte.

Sua obra significou a libertação final da arquitetura inglesa das cadeias da tradição medieval tardia, que ele renovou em um sentido classicista, o chamado paladianismo.

 

A Casa do Banquete, o único edifício sobrevivente do Palácio de Whitehall, que ardeu em 1698 (desde 1530 a residência principal dos monarcas britânicos em Londres), foi encomendada por James I. O rei queria um novo e prestigioso edifício depois de demolir o primeiro salão e destruir o segundo pelo fogo.

Com este edifício, Londres recebeu o seu primeiro edifício classicista e Inigo Jones fundou o chamado Paladianismo.

 

Todo o edifício irradia austeridade classicista e dignidade monumental. A fim de não afetar a uniformidade da vista principal, o portal de entrada foi movido para o lado da casa.

A fachada do edifício de dois andares é dividida por pilastras, ou seja, pilares de suporte de carga da construção Iônica/Coríntia. As três janelas centrais são acentuadas por colunas um pouco mais do que as janelas ao seu lado, que são limitadas apenas por simples elementos formais.

No interior, o edifício é composto por um único salão de banquetes com as famosas pinturas do teto de Peter Paul Rubens.

 

Com este edifício e seu trabalho posterior, Jones despertou grande entusiasmo pela arquitetura e pelos escritos teóricos de Palladio, que duraram até o século XVIII.

 

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

App Cultura

Também dê uma olhada no meu aplicativo de cultura!

Novos artigos diários sobre a história da Europa, literatura, música clássica, artes plásticas e muito mais.

Blogverzeichnisse

Blogheim.at Logo